Estudos de público de museus na Ibero-América

O conhecimento das características e hábitos do público dos museus significa um elemento de grande interesse para o OIM. Por este motivo, entre os meses de março e outubro de 2014, um grupo de trabalho virtual com representantes de cada país, se encarregou da pesquisa dos diferentes estudos de público existentes dentro do âmbito governamental nacional, como primeiro passo para começar a conhecer o nível de desenvolvimento dos mesmos e seu grau de aplicação.

Para isso, foi utilizado um questionário graças ao qual foi possível conhecer o grau de institucionalidade e a implantação de todas as ferramentas direcionadas ao conhecimento do público visitante dos museus, por parte das unidades responsáveis pela gestão de museus nos respectivos governos nacionais.

Por outro lado, através das fichas específicas, foram reunidas as referências de um total de 105 estudos de público que foram realizados pelas instâncias públicas governamentais nacionais, muitos dos quais estão disponíveis através da internet, o que significa um recurso informativo de primeira ordem neste âmbito.

Participaram do projeto: Andorra, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, El Salvador, Espanha, Honduras, México, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal e Uruguai.

Todas as informações reunidas foram sistematizadas e disponibilizadas para todos, e, com elas, foi elaborada uma publicação que está disponível on-line neste portal.